presunto

Detido, presunto Luís Augusto deve fechar delação premiada

Entre dezenas de funcionários públicos e representantes de frigoríficos, as prisões da operação Carne Fraca, da Polícia Federal, acabaram trazendo novamente à mídia um personagem inesperado.

O presunto Luís Augusto, famoso por encher a paciência do país inteiro a cada intervalo comercial, acabou detido nesta sexta-feira por agentes da PF, escondido entre duas caixas de papelão prestes a ser transformadas em contra-filé.

Muito nervoso, o presunto se disse arrependido e alegou que a falta de graça não era culpa sua.

Disposto a colaborar com as autoridades, Luís Augusto prometeu contar tudo que sabe em uma delação premiada:

— A Fátima, por exemplo, gosta mesmo é de mortadela! — alegou, antes de ser levado ao freezer da PF.


Veja também

comercio

Após terceiro assalto em um mês, comerciante ergue bandeira do Estado Islâmico para ser vigiado pela polícia

O senhor Normando Nunes não aguentava mais. Seu comércio, no Rio de Janeiro, já tinha …

Não esqueça de curtir também no Facebook:

CLOSE